PRESO ENGOLE CHAVE DE ALGEMAS NO PARANÁ

Policiais contiveram uma rebelião na 13ª Subdivisão Policial de (SDP) de Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, na noite do último domingo (11 de dezembro 2016). Durante a confusão, ao render um agente penitenciário, um dos presos roubou e engoliu uma chave.

Segundo a Polícia Civil, o tumulto começou por volta das 18h. Os detentos tentaram fugir enquanto um agente penitenciário do Departamento Penitenciário do Estado do Paraná (Depen) retirava um preso de uma das celas.

Nesse momento, os presos tentaram segurar o funcionário, que teve as roupas rasgadas e o molho com chaves de algemas retirado. Em seguida, os detentos tomaram o corredor em que ficam as duas celas e quebraram as câmeras de segurança.

Os presos só não conseguiram fugir porque o agente penitenciário teve a ajuda de um investigador de plantão, que estava armado.

A situação só foi normalizada com a chegada do Pelotão de Polícia de Choque, por volta das 19h. Depois da confusão, 10 presos foram transferidos para a Cadeia Pública Hildebrando de Souza.

Um deles foi o que engoliu a chave. Ela foi identificada no detector de metais do Hildebrando de Souza. O detento, então, foi encaminhado ao Hospital Municipal, onde fez um raio X que confirmou, mais uma vez, a ingestão.

Ele deve permanecer internado no local até expelir o objeto. Segundo a polícia, o preso não estava algemado dentro da cela. A suspeita é a de que ele engolido a chave para usar em uma próxima tentativa de fuga ou para repassar para outro detento.

Antes do tumulto, havia 34 presos em duas celas, que têm capacidade para apenas seis pessoas. A Polícia Civil afirma que já pediu providências ao Depen.