CAMERAS FLAGRAM BANDIDOS ARMADOS AGREDINDO VITIMAS DURANTE UM ROUBO EM BELO HORIZONTE

Uma quadrilha responsável por um assalto violento em Belo Horizonte está sendo procurada pela Polícia Civil. Quatro criminosos armados roubaram o carro de um jovem de 22 anos no Bairro São João Batista, na Região de Venda Nova. O grupo estava em um carro que atravessa na pista e fecha o outro automóvel, onde estavam três pessoas, entre elas uma criança. Os ocupantes são obrigado a descer e são agredidos. A cena foi flagrada por câmeras de segurança de uma casa e viralizaram nas redes sociais.

O assalto aconteceu no fim da noite de quarta-feira, 7 de dezembro. Os criminosos estavam em um Palio Prata na Rua Doutor Américo Gasparini. Ao se aproximarem de um sinal de trânsito no encontro com a Avenida Pedro I, diminuem a velocidade. Em seguida, o motorista fez uma manobra e fechou o Punto onde estavam as vítimas. 

Na sequência, três homens armados descem correndo e vão em direção ao Punto. Dois homens vão para o lado da porta do passageiro e ficam o tempo inteiro com armas apontadas para os ocupantes. Enquanto isso, outro criminoso vai até o motorista e o obriga a descer. Pouco tempo depois, um quarto assaltante, com uma arma que parece ser longa nas mãos, vai até o grupo.

O motorista desce com as mãos para o alto depois da exigência dos criminosos. O Punto chega a se movimentar de ré durante a ação, mas para em seguida. Mesmo sem aparentar mostrar reação, o condutor é agredido com um tapa ao passar por trás do automóvel. Ele vai até o outro lado e abre a porta traseira do passageiro, onde está uma criança.

Novamente ele acaba agredido pelos criminosos. O passageiro do banco da frente também leva um golpe quando desce do carro. A ação aconteceu rapidamente e durou aproximadamente 50 segundos. Os criminosos fugiram em alta velocidade pela Avenida Pedro I com os dois carros. Foram levados, ainda, um celular, uma cadeira que estava no veículo, documentos e uma bolsa com diversos produtos.

Depois do crime, as três vítimas ficam desesperadas na calçada enquanto olham a fuga da quadrilha. Os dois homens passam as mãos na cabeça por algumas vezes, e chegam a se sentar no chão. Um deles até deita. A menina parece esconder um celular em uma das mãos. Pouco tempo depois, recebem ajuda do morador de uma casa.

De acordo com a Polícia Militar (PM), uma das vítima procurou a 16ª Companhia para fazer o boletim de ocorrência. A vítima relatou que sofreu ferimentos na cabeça e no rosto, mas não quis ser encaminhado para o hospital. O veículo roubado foi recuperado no dia seguinte no Bairro Morro Alto, em Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O carro estava abandonado na Rua Jacinto de Oliveira Fernandes.