CRIANÇA DE 01 ANO DE IDADE É BALEADA NO AGLOMERADO DA SERRA

A equipe comandada pelo Cabo Moisés do GEPAR do 22º Batalhão, recebeu um chamado, para comparecer a Rua Nossa Senhora de Fátima, esquina com a Rua Sacramento, no Aglomerado da Serra em Belo Horizonte, para atender um chamado de disparo de arma de fogo.

Tudo ocorreu por volta das 14:30hs da última quarta-feira (14 de fevereiro de 2017).

No local, os militares encontram caído ao solo, já sem vida, o corpo de Davidson Antonio da Silva, 37 anos.

Davidson foi atingido por disparos de arma de fogo e faleceu no local. Ele estava com o enteado, Guilherme de apenas 01 ano de idade no colo, que acabou sendo atingido por três disparos.

A criança foi socorrida em estado grave para o Hospital João XXIII, o ultimo boletim medico indicava que a criança foi atingida no olho e teve o projétil alojado na cabeça.


O crime teria sido motivado por um desentendimento do suspeito com uma gangue rival antes de ele ser preso por tráfico, em 2012.

De acordo com moradores, que pediram anonimato, mesmo dentro do presídio de São Joaquim de Bicas, na região metropolitana de Belo Horizonte, Davidson trocava informações com criminosos da Serra e influenciava o tráfico local. “A morte dele era questão de tempo. Já era falada há muito aqui”, disse uma senhora, de 57 anos.