GUARDAS MUNICIPAIS SÃO DETIDOS APÓS TENTAREM DESOCUPAR IMÓVEL

Três Guarda Municipais foram detidos após se envolverem em ameaças no Bairro Pirineus em Belo Horizonte.  

Tudo começou, quando foi noticiado via Rede Rádio PMMG, sobre um veiculo Fiat Toro, na cor vermelha, o qual teria realizado vários disparos de arma de fogo em via publica, no Bairro Taquaril em Belo Horizonte.

Neste sentido, várias viaturas do 22º Batalhão partiram no rastreamento do automóvel, foi quando aportou via 190, denuncia anônima, dando conta de que o automóvel estaria na Rua Maria Atir Peixoto, local onde os policiais localizaram um senhor, que avia sido ameaçado por dois homens, que utilizando de arma de fogo, o ordenaram a deixar o imóvel o mais rápido possível, caso contrario, seria morto.

O automóvel suspeito, foi abordado por uma equipe do GEPAR, que identificou os ocupantes Renilson Emílio, Ivan Cesar e Carlos, todos agentes da Guarda Municipal de Belo Horizonte.

Com eles os militares apreenderam uma arma de fogo, de propriedade particular do Guarda.

A Guarda Municipal foi comunicada sobre o fato, comparecendo ao local o Guarda de Classe Especial Júlio Pereira, que conduziu os outros Guardas que estavam de folga e a paisana a delegacia.

Segundo a versão do Guarda Renilson, o imóvel seria de sua propriedade, e que o senhor João Batista teria invadido o local.

Já João Batista afirmou ter  comprado o terreno de um pastor, mas não apresentou quaisquer documentos.

O caso segue para investigação da Policia Civil. A corregedoria da Guarda Municipal irá apurar se houve desvio de conduta por parte dos agentes.