ESTELIONATARIOS SÃO PRESOS PELA POLICIA

internet gratis - fraude.
Ligações e internet ilimitadas, tudo as custas de pessoas de bens, eram o serviço prestados por uma quadrilha presa hoje em Belo Horizonte e Rio Casca, em uma ação conjunta de Militares do Batalhão ROTAM e 21ª Cia Independente.

Tudo começou, quando um Policial Militar recebeu uma ligação oriunda da operadora VIVO, que contactou o policial para confirmar os dados para ativação de uma nova linha pré paga, serviço que o policial nunca solicitou.

O fato chamou a atenção do militar, que negou haver pedido o serviço e resolveu pesquisar sobre o fato, vindo a descobrir que haviam 07 linhas pós pagas realizadas em seu nome, bem como serviços de banda larga fixa.

Percebendo-se lesado, o policial acionou a equipe ROTAM, comandada pelo Sargento Flávio, que entrou no circuito e partiu em busca de dados que pudessem levar a prisão dos autores do crime.

Durante as diligências, os ROTANIANOS encontraram um imóvel no Bairro São Geraldo, em Belo Horizonte, onde encontraram um ponto de internet fixa (OI VELOX), o qual Daniel Gomes, 36 anos utilizava em sua residência.

O ponto de Internet usado por Daniel, estava em nome do Militar (vitima de estelionatários). Daniel contou que sabia que a internet estava em nome de um terceiro e indicou os comparsas do crime, que estavam na cidade de Rio Casca.

Foi feito contato telefônico com a equipe Policial Comandada pelo Sargento Batista, que de pronto conseguiu prender na zona rural de Jurumirim dois homens apontados como responsáveis pelo esquema.

A Policia suspeita que os estelionatários possuem ligações com funcionários de empresa de telefonia, que auxiliam e fornecem dados de clientes para aplicação do golpe.

O site PoliciaMG, recomenda a seus leitores a nunca buscarem vantagem ilícita, o famoso "jeitinho brasileiro" pode custar caro.