MILITAR NO INFERNO

O militar ficou diante de Deus pai, para sua última inspeção:

"-Tu foste fiel à igreja? Deu sua outra face para ser ferida perante o inimigo?"

O militar se aproxima e responde: 

"- Não senhor! Nós militares não podemos ser só amor... Na maioria dos domingos, estamos de serviço, sem condições de ir a uma igreja. Por muitas vezes, somos forçados a ser duros, violentos e até impuros, para garantir o fiel cumprimento do dever...

Por muitas vezes, vi minha família em dificuldades financeiras, mas nem por isto, peguei de alguém qualquer centavo que não fosse meu. Dediquei-me nas horas de folga a trabalhos extras, na esperança de conseguir educar meus filhos...

Por muitas vezes chorei as dores das pessoas. Mas precisava chorar por dentro pois precisava parecer ser forte!

Muitos nunca me desejaram por perto, mas sempre estive lá, quando o perigo rondava. Reconheço que não sou digno de conviver em vosso meio senhor, mas se tiver um cantinho simples para mim, ainda que afastado de todos, agradeço..."

Neste momento, o silêncio tomou conta da sala do trono e Deus diz em seguida:

"- Teu corpo serviu as mais ingratas situações, mas tua alma e coração não foram corrompidos. Você se fez como escudo, arriscando dia à dia a própria vida, em defesa de pessoas que nem conhecia. Venha para o céu! Pois viver no inferno, foste sua missão na terra...

(lindo texto de autor desconhecido). A história acima é uma ficção, apenas para homenagear nossos heróis. 


PoliciaMG - Seguir este site
Ajude nosso site crescer, clique no link seguir este site, compartilhe nossas matérias! Valeu!