ENTIDADES DE CLASSE DE ORGÃOS DE SEGURANÇA PLANEJAM MANIFESTO CONTRA GOVERNO EM MINAS GERAIS

Representantes de classe, dos órgãos de segurança Pública de Minas Gerais, CUME, CSCS, ASPRA, ASCOBOM, COPM, AOPM, ASMOTI, ISCRAT, AMEM, SINDEPOMINAS, SINDPOL, AMAF e AMASP, realizaram uma reunião traçando metas e objetivos a serem alcançados em beneficio dos servidores Públicos da Segurança em Minas Gerais.

As entidades em comum acordo, traçaram metas a serem seguidas com o objetivo de promover ações contra o Governo de Minas, visando viabilizar um canal aberto e direto para que os servidores voltem a terem seus pagamentos de forma integram no 5º dia útil do mês, bem como a reposição salarial, que segundo apontado por entes classistas, já houve uma perda de 39,33% de perdas em razão dos três anos sem reajustes.

Os representantes classistas, também cobram do Governo uma posição oficial sobre o 13º salário dos servidores. Salientando que no dia 14 de dezembro (2017) às 14hs pretendem se reunir na Praça da Assembleia para adoção de medidas de manifesto, convocando todos os servidores a se fazerem presentes.

Recentemente o Governo de Minas informou não haver data para pagamento do 13º do funcionalismo, alegando não existirem recursos em caixa e que necessitaria de aprovação de um projeto de lei pelo senado.

O projeto de Lei, foi aprovado na noite desta quarta-feira (13 de dezembro)>.


PoliciaMG - Seguir este site