BANDIDO USA IDENTIDADE DO IRMÃO E MORRE EM CONFRONTO COM A PM

A Policia Militar (PM) foi acionada a comparecer à Rua Palmas da Babilônia, Bairro Jardim Uberaba no Município de Uberaba em 19 de Abril de 2019, sexta-feira, sob denuncias de tráfico de drogas, havendo um portão de uma residência na Rua Santa Efigênia atingida por disparos de arma de fogo durante confronto de bandidos.

Uma pessoa de bem na comunidade, realizou uma denuncia anônima, dando conta de que Weslei Soares de 21 anos, estaria portando uma arma de fogo. Com a chegada da viatura Policial, Weslei não acatou a ordem de parada dos policiais, vindo a esboçar reação, sacando uma arma da cintura e atirando contra os militares, que se abrigaram. Em seguida Weslei correu em direção à sua residência, sendo perseguido pelos policiais.

imagem meramente ilustrativa
Weslei saltou obstáculos durante a fuga, vindo a trocar tiros com a PM em diversos momentos, tentando evitar ser preso. Em ato continuo, Weslei acabou sendo atingido por um disparo, ocasião em que foi preso, sendo encontrado com ele uma pistola calibre 6,35.

Weslei foi socorrido com vida, contudo não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Durante as buscas na casa de Weslei, a PM encontrou uma garrucha calibre .380.

A equipe de cães da Policia Militar foi acionada e localizou 01 sacola contendo cocaína e maconha.

Durante os trabalhos da Policia Civil, descobriu-se que na Verdade, o homem identificado como Weslei Soares, estaria utilizando documento falso do irmão, sendo sua verdadeira identidade Weverton Soares.

Weverton Soares utilizava-se de documentos em nome do irmão, Weslei, pois sabia que estava com Mandado de prisão em aberto.

A Policia encontrou outros documentos, tais como carteira de trabalho, onde Weverton Soares usava o nome do irmão, fato que passou a ocorre há alguns anos, quanto Weverton soube estar com Mandado de prisão em aberto.

Weverton passou a utilizar dos documentos do irmão, assim que soube do seu mandado de prisão, contudo na atualidade, ambos os irmãos encontram-se com mandado de prisão em aberto pela Justiça do Estado de Alagoas, estado onde ambos possuem extensa ficha criminal.

A Policia Civil segue investigando o caso e deverá dar mais detalhes após todo processo concluído.



Comentários

Postar um comentário